A linda história de amor à distância de um casal que se conheceu em Malta

Uma das coisas que mais ouvi quando contei para meus amigos que estava de malas prontas para fazer um intercâmbio foi: “Você vai encontrar um amor e ficar por lá”. (No meu caso,os sensitivos de plantão erraram e feio. =( O meu conto de fadas não teve um final feliz.) Mas não pense que isso tinha a ver com premonição, não! O que os meus amigos diziam tinha fundamento, afinal quantas histórias de amor você conhece que assim começaram? Tudo isso acontece, porque estar longe de casa nos deixa mais sensíveis e abertos para vivenciarmos um turbilhão de emoções. Parece que estamos mais preparados e fica mais fácil do amor nos fisgar.

A sensação que tive é que em Malta tudo conspira ainda mais a favor do amor. Por isso que eu sempre falo por aqui que Malta respira amor e inspira os apaixonados. Com suas belas paisagens, mar calmo, ruas estreitas e charmosas, Malta se torna um cenário perfeito para amores dignos de cinema.

Uma prova disso é a história da brasileira Yasmin Monteiro de 21 anos que morou em Malta entre março e junho de 2011. Logo em seu primeiro mês em Malta, aquele que parecia ser mais um dia comum de aula para Yasmin, se transformou no dia que ela conheceu Michele. O italiano de 23 anos estava em seu primeiro dia de aula, passou por Yasmin e o interesse de ambos foi imediato. Graças a amigos em comum, naquela mesma noite, o futuro casal foi apresentado em uma festa de boas vindas aos novos alunos da escola. O tímido italiano não perdeu tempo, rapidamente conquistou o coração da brasileira. Depois de 1 semana e meia de amor, Michele foi embora para Itália, mas prometeu voltar em breve. E cumpriu com sua palavra, uma semana depois lá estava ele voando de volta ao paraíso. Galanteador como todo italiano que se preze, Michele surpreendeu sua amada em seu retorno. Yasmin que não sabia de nada, levou um baita susto quando o italiano apareceu na piscina da escola. Eita, susto bom esse, hein?!

gozo, Malta
Yasmin e Michele apreciam as belezas da ilha de Gozo em Malta.

Depois disso, foram mais dois meses juntos em Malta, algumas semanas na Itália e Yasmin teve que voltar para o Brasil. Mas engana-se quem pensa que esse amor parou por aí. O namoro continua a todo vapor e com muitas idas e vindas, mas de aviões. E já completaram um ano e dois meses juntos. Ela já foi visitá-lo na Itália duas vezes. Ele também já veio duas vezes ao Brasil e está planejando uma terceira visita para julho. O segredo para esse relacionamento à distância dar certo? Segundo Yasmin, paciência, confiança e muito amor. <3

É delicioso ver histórias de amor que sobrevivem à distância. Por isso fica aqui a minha homenagem a todos os casais apaixonados que, assim como a Yasmin e o Michele, lutam de todas as maneiras possíveis para manter o amor vivo!

Obs.: Por incrível que pareça, eu e Yasmin moramos em Malta na mesma época, temos vários amigos em comum e não nos conhecemos lá. Só viemos a ter contato, por conta de um grupo de Malta que participamos e aí ela me sugeriu fazer posts sobre as inúmeras histórias de amor que por lá acontecem. Nem preciso dizer, que eu adorei a ideia e sugeri começarmos por esta linda história que acabei de contar por aqui. E se você também viveu um lindo amor em Malta e quiser abrir seu coração para nós, mande sua história para o e-mail: borapramalta@gmail.com Vou adorar contar por aqui. =) Feliz restinho de Dia dos Namorados!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *