Top 10: Produtos Made in Malta imperdíveis

 

Algo que eu me preocupo quando estou viajando é em experimentar e comprar tudo que for feito localmente, coisas típicas do país, sabe?! Que foram produzidas por lá. Assim eu posso voltar pra casa com a certeza de que realmente vivi o lugar. Viajar pra mim é experimentar o lugar. Por isso, se você é dos meus, aí vai uma listinha de 10 coisas produzidas em Malta pra você ver, ouvir, comer, comprar, experimentar, sentir e viver Malta.

1. Cruz de Malta

cruz de malta

A Cruz de Malta foi oficialmente adotada pelos Cavaleiros de São João, em 1126. As oito pontas remetem às  obrigações dos cavaleiros: “ser verdadeiro, ter fé, arrepender-se dos pecados, ser humilde, justo, misericordioso, sincero e suportar a perseguição”. Com o tempo, as oito pontas, também passaram a representar os oito nacionalidades dos nobres que foram admitidos na irmandade. Hoje, a cruz de Malta pode ser vista por todos os cantos e você pode comprar até mesmo jóias ou bijuterias em seu formato, tem brinco, pingente para colar.

2. Tradicional Licor Maltês

tradicional licor maltes

Uma bebida muito comum em Malta e que faz o maior sucesso. É uma ótima opção de souvenir. Os sabores mais tradicionais são: figo da índia (Bajtra), mel e limão. Todos são uma delícia. Você não pode deixar de provar, principalmente o de Bajtra, pois é bem típico de Malta.

3. A cervaja nacional Cisk

cerveja maltesa cisk
Foto: Divulgação

Como uma boa descendente de alemães e cervejeiros, pois é meu tataravô  Henrique Thielen foi quem criou a cerveja Original, na cervejaria Adriática em Ponto Grossa, PR =) , modéstia à parte, de cerveja eu entendo. hahahaha Sinceramente, a Cisk me surpreendeu. Claro que não é a melhor cerveja do mundo, mas também não é daquelas impossível de beber. É melhor do que muitas marcas brasileiras, viu?! Não é nenhuma Original, mas é um ótimo custo benefício. Ah! By the way, pronuncia-se “tchisk”.

4. Ghana Music

ghana maltese  music
Foto: All Malta

Essa é a tradicional música maltesa. É a música folclórica de Malta. Eu ouvi apenas em um evento que era bem tradicional. E já contei por aqui sobre o Għanafest que acontece na ilha. De qualquer forma, dá uma olhada nesse vídeo da música X’Aħna Sbieħ Min Jaf Jarana de 1930, além de conhecer a música tradicional, você pode curtir algumas pinturas e fotos que mostram um pouco da cultura maltesa.

5. Caramel Nougat

maltese caramel nougat
Foto: Divulgação Ta’pavia

Essa é a rapadura do mediterrâneo. Não, esse doce não é feito da cana-de-açúcar, mas aquela famosa frase se aplica perfeitamente a esse caso. “Caramel Nougat é doce, mas não é mole não”. Eu quase quebrei o dente algumas vezes. hehehehe Por isso não recomendo pra quem tem dentes sensíveis, tem ponte, pivo, usa dentadura, etc. mas em compensação era um dos doces malteses que eu era mais viciada. Pensa num pé de moleque feito com amêndoas. Hummm Uma delícia! Sinto tanta saudade disso que qualquer hora vou pegar a receita e me arriscar na cozinha por aqui. hehehe

6. Sleeping Lady

sleeping lady malta
Foto: Jan van der Crabben

Prepare-se para ver essa imagem espalhada por todas as lojas de souvenirs em Malta. Esta simpática senhora dormindo é uma réplica de uma escultura pré-histórica (3.600 – 2.500 AC) encontrada no Hal Saflieni Hypogeum. Segundo alguns historiadores, esta pode ser uma representação da morte, do sono eterno. A estátua original que tem 12 cm de comprimento e é feita de cerâmica pode ser vista no Museu Nacional de Arqueologia.

7. Luzzu 

barco de pescadores Luzzu malta

Estes são os tradicionais barcos de pescadores de Malta. Um dos símbolos mais fortes da ilha. Um daqueles símbolos que dão o clima de férias para a ilha. Os tons de amarelo, vermelho, verde e azul trazem um colorido especial às baías maltesas. Fazem as águas calmas do mediterrâneo transbordarem alegria. Ao que parece foram trazidos para a ilha pelos fenícios que tinham o costume de decorá-lo com dois olhos de Osiris para proteção e boa sorte como já contei por aqui uma outra vez. E tanto os barquinhos quanto os olhos você encontra em miniaturas para trazer com você um pouquinho do clima feliz e da boa sorte maltesa.

8. Kinnie

refrigerante maltês Kinnie
Foto: Divulgação

Esse é o refrigerante exclusivo de Malta. Feito de laranja e uma variedade de ervas aromáticas. Já contei bastante sobre ele aqui nesse post. Eu não gostei, achei muito amargo. Mas há quem ame. Ou melhor, os malteses amam. Ou pelo menos dizem que amam. Eles tem um orgulho enorme da Kinnie, assim como temos do nosso Guaraná. Sobre o sabor, eu não sou muito referência, pois amo refrigerante de criança: sprite, fanta uva, laranja, etc. hahahaha Por isso, você não pode passar por Malta sem experimentar uma Kinnie. Depois volta aqui pra me contar o que achou?

9. Bizzilla, a renda maltesa

renda maltesa

No século 18 a renda maltesa fez um grande sucesso pela Europa por conta de sua beleza e baixo custo. Chegou a ser comparada com a renda holandesa como sinônimo de perfeição. As rendas maltesas foram apresentadas na Exposição da Indústria de 1881 em Londres. Os pontos de renda malteses eram tão diferenciados que foram copiados na China e na Índia, primeiro em seda, depois em linho e algodão. As rendeiras de Malta criaram um jeito próprio de fazer suas rendas, muitas vezes utilizando a cruz como decoração. Até hoje ainda é muito procurada pelos turistas que vão pra lá.

10. Pastizzi 

Pastizzi Gourmet
Foto: Pastizzi Gourmet

Ok, já falei deles antes por aqui, inclusive em outro Top 10, mas é que i r à Malta e não comer uma gostosura dessas, é como ir à Itália e não comer pizza, ir à Paris e não experimentar croissant, ir à Argentina e não se render às empanadas, vir ao Brasil e passar longe dos pão de queijo, pode imaginar? É o snack mais famoso de Malta, por isso ele não poderia ficar de fora desse top 10, né?! Ele é tão tradicional e delicioso que ter apenas duas opções de sabor (ricota e ervilha) é um desperdício. Deve ter sido pensando exatamente nisso que criam o Pastizzi Gourmet com outros sabores como carne, anchovas, cordeiro e até de abóbora. Adorei a ideia e ao que parece os malteses também, pois está fazendo o maior sucesso pela ilha.

2 respostas para “Top 10: Produtos Made in Malta imperdíveis”

  1. Eu estava mesmo precisando de um blog que falasse de Malta “com sotaque brasileiro”. Quero muito passar uma das minhas férias por lá.

    Me faltava informação até achar seu blog.

    Estou comendo ele com arroz, feijão e Pastizzi já. Todo dia paro para ler algumas colunas.
    Amei!!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *